Sábado, 7 de Junho de 2008
Piqueniques em grande

FinalmenteA mesa de piquenique, o bom tempo chegou. É altura de limpar o pó à sua cesta de vime e enchê-la de coisas boas para uma refeição ao ar livre.


Imprescindível é levar uma geleira para manter os alimentos e bebidas bem frescos; uma toalha (em xadrez, como manda a tradição) para isolar a comida das formigas, algumas almofadas se quiser ficar confortável, uns pratos, copos e talheres descartáveis e, claro, boa disposição.

A tradição do piquenique remonta ao início do séc. XIX, quando um grupo de londrinos formou a Picnic Society. Cada pessoa levava uma diversão e algo para comer e partilhar com os outros. O nome terá derivado de pick (apanhar) + nick (instante), embora os franceses defendam que a palavra tem origem em piquer (debicar) + nique (algo pequeno, sem valor).

De qualquer modo, o costume de refeições partilhadas fora de casa é antigo, já que os Gregos oganizavam simpósios onde os convivas comiam enquanto discutiam temas filosóficos ou políticos. Com o tempo, o piquenique como reunião social tornou-se um hábito moderno, onde se levam pratos frios e facilmente transportáveis.

E lembre-se: seja sobre a relva de um jardim, no areal da praia ou em plena floresta, evite fazer fogos e não deixe lixo para trás. Leve consigo um livro, alguns jogos e boa companhia para acolher da melhor forma o Verão que aí vem.

 

Eu já fui muito feliz nos inumeros piqueniques que fiz. Primeiro com os meus pais quando no Verão íamos à praia, depois com os meus filhos sempre que íamos à praia e nos deslocava-mos à sombra à zona própria para piqueniques. Agora tenho saúdades dos piqueniques, pois a familia espartilhou-se e torna-se dificil juntarmo-nos para o dito.

Tenho saudades, dos piqueniques na Lagoa de Òbidos os preferidos do meu pai, pois podia pescar toda a manhã e quem sabe almoçar o seu pescado , ou comer um belo frango assado ali mesmo, com todos os requintes pois somos todos uns bons garfos.

Enfim, tempos que já não voltam e infelizmente não vão ser reproduzidos , pois esta malta da cidade nem aprecia um piquenique.


 

 

publicado por ciloca às 22:34
link do post | favorito
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 


.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Maio 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
.posts recentes

. ...

. Dos Deolinda "Que parva q...

. Regressei um ano depois

. contra a execução de Saki...

. ...

. ...

. A Cidade vai sentir estas...

. Finalmente,

. ...

. ...

.arquivos

. Maio 2012

. Fevereiro 2011

. Agosto 2010

. Fevereiro 2010

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

.favoritos

. ????????...

.links
blogs SAPO
.subscrever feeds