Sábado, 21 de Abril de 2007
Liviu Librescu

O engenheiro Liviu Librescu

Não pretendo comparar as 32 pessoas mortas pelo imigrante sul-coreano Cho Seung com as 183 pessoas mortas em Bagdade, ontem. Qualquer morte violenta de uma pessoa inocente é crime, seja no local A, seja no local B, seja por que razão seja.

O massacre na Universidade Virginia Tech teve o seu herói: o engenheiro aeronáutico de 76 anos, Liviu Librescu. Filho de pais judaicos da Roménia, foi enviado para um campo de trabalhos forçados (em Transnistria) e posteriormente deportado para o ghetto na cidade de Focsani.

"Nós estávamos na Roménia durante a Segunda Guerra Mundial, éramos os judeus entre os alemães e entre os romenos anti-semitas", disse Marlena Librescu ao canal israelita Canal 10.

Depois da guerra, Librescu tornou-se um engenheiro de sucesso sob o governo comunista do pós-guerra e trabalhou na agência espacial romena. Mas a sua carreira estagnou nos anos 70 pois recusou a obediência ao regime do ditador Nicolau Ceausescu, afirmou o seu filho, e foi depois despedido quando pediu permissão para emigrar para Israel."
(texto do Guardian). Foi uma intervenção pessoal do Primeiro-Ministro israelita Menahem Begin que possibilitou a sua saída da Roménia em 1978. Em 1986 visita os Estados Unidos e decide ficar.

De acordo com o relato de alguns estudantes, o Professor Liviu Librescu barricou com o próprio corpo a porta da sala de aula dando indicações aos alunos para fugirem pelas janelas. Assassinado por Cho Seung, a sua acção salvou a vida de 9 estudantes. Segundo um dos seus dois filhos, Joe Librescu, a esposa recebeu emails dos alunos que salvou descrevendo a situação.

Liviu Librescu morreu como um herói e, curiosamente, tem vindo a ser celebrado como um herói nos seus três países. Na Roménia, o Presidente Traian Basescu galardou-o postumamente com a Ordem da Estrela romena (na foto), a mais alta condecoração do estado romeno, por "heroísmo". Será enterrado em Israel, na cidade de Ra'anana.

Nos Estados Unidos, o Presidente Bush prestou-lhe homenagem:
"As nossas bandeiras estão a meia-haste em memória das 32 almas cujas vidas foram roubadas na Virginia Tech segunda-feira de manhã. Nesse dia, vimos o horror mas também vimos actos de coragem silenciosa. Vimos esta coragem num professor chamado Liviu Librescu. Com o atirador decidido a entrar na sua sala de aula, este corajoso Professor bloqueou a porta como seu próprio corpo enquanto os alunos fugiam. No dia da Memória, este sobrevivente do Holocausto deu a sua própria vida para que outros vivessem. Esta manhã prestamos homenagem à sua memória, e fortalecemo-nos com o seu exemplo."

A última pessoa a ver Liviu Librescu com vida parece ter sido Alec Calhoun:
"Alec Calhoun estava na aula de mecânica dos sólidos no primeiro andar no Edifício Norris quando ouviram tiros na aula de alemão ao lado. Soava como o martelar de um enorme martelo, Calhoun pensou que se tratava de obras. Quando ouviu os gritos, apercebeu-se que os sons eram tiros.
Sem possibilidade de trancar as portas para evitar que o atirador entrasse, Calhoun começou a virar secretárias para formar barricadas. À medida que o atirador - armador com duas armas semi-automáticas, uma de calibre .22 e outra de 9mm - se dirigia à sala de aula do outro lado do corredor, alguns colegas correram para as janelas, abriram-nas a pontapé e retiraram as redes de protecção. Depois saltaram do primeiro-andar para o chão, partindo pernas e tornozelos.
Calhoun decidiu sair da sua barricada e saltar para a rua. Ao chegar ao parapeito, as duas pessoas imediatamente atrás de si foram atingidas. Calhoun caiu sobre um arbusto e correu para lugar seguro. Librescu ficou para trás, aparentemente tentando barrar a porta. Foi morto
." (excerto do texto "Details of Virginia Tech Campus Rampage", no site Townhall).

publicado por ciloca às 17:07
link do post | favorito
De aflores a 22 de Abril de 2007 às 17:55
Sem dúvida que todos dispensávamos estas histórias. Era sinónimo que tamanhas tragédias não aconteciam e que se vivia em Paz.
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 


.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Maio 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
.posts recentes

. ...

. Dos Deolinda "Que parva q...

. Regressei um ano depois

. contra a execução de Saki...

. ...

. ...

. A Cidade vai sentir estas...

. Finalmente,

. ...

. ...

.arquivos

. Maio 2012

. Fevereiro 2011

. Agosto 2010

. Fevereiro 2010

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

.favoritos

. ????????...

.links
blogs SAPO
.subscrever feeds