Domingo, 16 de Julho de 2006
Que calor!!!

UF...UF..que calor.

Como sabem com este calor não se deve estar na praia , entre as 11 e as 17.Ora o que sobra? De manhã aqui dorme-se, depois das 17 não vou andar quilómetros ao calor para estar duas horas na praia e voltar através de longa fila.

Decidi que praia só daqui a 15 dias.Quando finalmente  as férias chegarem.

Entretanto  hoje Domingo só tenciono sair de casa por volta das 17 horas, quando se aguentar o calor.

Vou fazer umas compritas vulgares, talvez comer um gelado , tomar café, pois preciso levantar a tensão.

Hoje ninguém almoçou, e não sei de iremos jantar, penso que iremos beber água e pronto.

Apenas nestas alturas é que penso "Como eu entendo os alentejanos". Com o calor que se faz sentir  no Alentejo, durante meses e durante toda a vida, claro que os movimentos tornam-se lentos, e reduzidos ao minimo.

Ontem alguém me respondeu a propósito de "manda aí uma mensagem"  no telemovel, que estava muito calor para se mecher, que mandasse eu a mensagem.

São os efeitos do calor.

Espero  que estejam de férias .

sinto-me: de lingua de fora como os cães
publicado por ciloca às 16:23
link do post | favorito
De xicoxperto a 18 de Julho de 2006 às 03:08
Como tenho estado fora e o pouco tempo que dediquei ao blog não me permitiu ler todos os coment á rios atempadamente, só agora reparei neste que deixou em http :/ vnova.blog.simplesnet.pt archive 016756.html ************************************************ O amigo o que faz para acabar com este estado de coisas? Sugiro que nas próximas eleições, se junte a uns quantos (muitos)Portugueses descontentes e se candidate para governar como deve ser este rectângulo á beira mar plantado. Faça qualquer coisa mais que reclamar. ************************************************* Pois eu faço o que qualquer pessoa de bem tem por obrigação fazer: ser um cidadão honesto e pagador das minhas dívidas; pagar religiosamente os meus impostos; respeitar os direitos do meu semelhante e não "atropelar" com a minha liberdade a liberdade de ninguém; não fazer a caridadezinha hipócrita que critico por achar que ela nada resolve e ir denunciando humildemente – porque um blog mais não permite – aquilo que julgo ser um ultraje à dignidade humana. Como vítima desse tipo de caridade mentirosa – que muito novo senti na pele - garanto-lhe que é tremendamente desagrad á vel receber por caridade aquilo que por direito nos é negado. Espero que tudo isto não descambe num enorme mal entendido. Obrigado pelas visitas e c á ficarei à espera das suas opiniões.
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 


.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Maio 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
.posts recentes

. ...

. Dos Deolinda "Que parva q...

. Regressei um ano depois

. contra a execução de Saki...

. ...

. ...

. A Cidade vai sentir estas...

. Finalmente,

. ...

. ...

.arquivos

. Maio 2012

. Fevereiro 2011

. Agosto 2010

. Fevereiro 2010

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

.favoritos

. ????????...

.links
blogs SAPO
.subscrever feeds