Terça-feira, 11 de Julho de 2006
SÍNDROME DO NINHO VAZIO: O QUE FAZER?

Grande parte das mulheres se dedicou aos seus filhos a vida toda... Deram todo seu tempo e carinho aos seus cuidados. Na fase escolar, foram mãe, motorista, professora... E que aos poucos, eles foram crescendo e ficando menos dependentes, mas ainda assim muito ligados a você, já que todos moravam na mesma casa.

Aquele entra-e-sai constante, a presença dos amigos, a correria, tudo preenchia o dia e, mesmo cansada, você se sentia sempre rodeada por aqueles que amava.

No entanto, as crianças crescem e tomam outro rumo: Alguns vão estudar em outra cidade, se casam ou, mesmo solteiros, vão morar sozinhos. Dá um vazio, não?

Pois é, essa solidão, a sensação de ‘casa vazia’, de perda e até uma leve depressão são características de um fenômeno denominado ‘Síndrome do Ninho Vazio’. Trata-se de uma fase pela quais muitas mulheres e também homens passam quando os filhos vão viver suas próprias vidas.

Os lugares onde os filhos antes se sentavam à mesa ficam desocupados, o telefone toca menos, o silêncio é mais freqüente. Em alguns casos, a perda é dupla, porque esses casais têm pais idosos que estão doentes ou falecem.

O importante é saber o que fazer com essa sensação de inutilidade, perda e inadequação e buscar onde está a razão de viver.

publicado por ciloca às 20:58
link do post | favorito
De * * Grilinha * * a 15 de Julho de 2006 às 01:42
É um assunto que me apoquenta muitas vezes, apesar de ainda estarem os dois solteiros. No entanto ela trabalha sempre fora de Portugal, vai de férias com o namorado e quando está em Portugal passa os fins de semana na casa dele.
O rapaz não tem namorada (penso eu!!) mais vai de férias com o grupo de amigos/as desde os tempos do Colégio. O telefone toca muitas vezes porque o meu estado de saúde inspira cuidados e eles estão sempre preocupados mas a mesa fica com dois lugares vazios. O marido fica feito zombi a entrar e sair dos quartos deles e a dizer que está muito silêncio na casa. Já vou sentindo este sindrome de que falas. em quero pensar no dia que um deles vai sair d malas e bagagens para a sua própria casinha
De Maria Papoila a 15 de Julho de 2006 às 22:50
É preciso criar novos objectivos, arranjar novos desafios... Há tanta coisa para fazer nessa altura... voluntariado, aquela licenciatura que não terminou, voltar a estudar, passear... namorar, porque não?
Beijo
De * * Grilinha * * a 17 de Julho de 2006 às 23:37
Tens razão mas a Licenciatura já não vou acabar mesmo faltando umas cadeiras do 5º ano.
Agora quero é gozar a reforma por invalidez e viver um dia atrás do outro com esta situação que me apoquenta há 9 anos.
Vou dando uns passeios aqui e ali e comos uns pasteis aqui e acolá e tenho a companhia dos net_amigos que têm sido a minha tábua de salvação.
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 


.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Maio 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
.posts recentes

. ...

. Dos Deolinda "Que parva q...

. Regressei um ano depois

. contra a execução de Saki...

. ...

. ...

. A Cidade vai sentir estas...

. Finalmente,

. ...

. ...

.arquivos

. Maio 2012

. Fevereiro 2011

. Agosto 2010

. Fevereiro 2010

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

.favoritos

. ????????...

.links
blogs SAPO
.subscrever feeds