Sábado, 24 de Março de 2007
O vencedor do Prémio Nobel da Paz esteve na Gulbenkien

As fundações e os governos podem tomar a iniciativa de criar fundos para o social business (negócio social) como forma de lutar contra a pobreza, a exemplo do microcrédito, defendeu o Nobel da Paz 2006, em Lisboa.

Muhammad Yunus, criador do Banco Grameen, esteve em Portugal para participar na conferência internacional "Developing Partnerships for a Developed World: Foundations and Governments Learning to Work Together" (desenvolver parcerias para um mundo desenvolvido: fundações e governos aprendendo a trabalhar juntos).

"...o vencedor do Prémio Nobel da Paz no ano passado insistiu na ideia de alterar o sistema actual de fazer negócios e integrar a forma de negócio social com o objectivo de "fazer bem às pessoas", sem esperar obter lucro. Aquilo que actualmente fica na área da caridade pode passar a ser um negócio social que não custa dinheiro a ninguém, mas seria a solução para problemas de áreas diversas, desde a saúde à construção de habitações.

É um objectivo que estas orientações sejam adoptadas pela política, reconheceu Muhammad Yunus, acrescentando que "é preciso vontade política, mas os políticos são pessoas como nós e precisam de boas ideias". Se estas ideias chegarem aos políticos é possível encontrar "novas formas de fazer"...


 O Prémio Nobel referiu a possibilidade de criar um mercado bolsista destinado a pessoas que queiram ajudar a alterar a situação de pobreza e que comprariam acções. É um desafio que se estende a todo o mundo, pois em todos os países existem pobres, pessoas que não conseguem um empréstimo bancário para "quebrar" o ciclo vicioso da pobreza, pois "para conseguir dinheiro é preciso já ter dinheiro".

O criador do Banco Grameen, no Bangladesh, que soma sete milhões em empréstimos, frisou que o facto de ter sido nomeado Prémio Nobel da Paz "chamou a atenção do mundo" para o microcrédito, tornando mais fácil "comunicar com os políticos", e aumentou o número de pessoas a querer saber sobre o tema.

Eu.. euzinha quis ouvir o próprio Yunus contar ,como tudo começou ,e lá fui eu por volta das 18 horas no dia 22 de Março à Gulbenkien. O grande auditório não foi suficiente para tanta assistencia. O professor Doutor, falou durante hora e meia, tendo começado pelo primeiro passo, e pelo porqu~e da sua luta e persistencia, pois acreditava nas pessoas.

Tudo começou por um pequeno empréstimo a uma mulher que não queria o empréstimo , pois tinha receio de nunca o poder vir a pagar. E desde então sempre que encontraram alguém que não quisesse pedir um empréstimo era esse o candidato ideal para Yunus. Subjacente a filosofia da "palavra de Honra" que no Bangladech tem muito valor.

Saí dali mais rica, pois tive o previlégio de ouvir uma grande figura Mundial que ..meus amigos falava de forma  tão simples, vestia tão simples , tão autentico como julgo haver poucos nos dias que correm.

publicado por ciloca às 12:18
link do post | comentar | favorito
|
6 comentários:
De Cöllyßry a 24 de Março de 2007 às 20:25
Olá querida amiga, não entendo estes primios, pois longe estamos da Paz, mas gostei de Te ler...bjca doce
De Maria Papoila a 25 de Março de 2007 às 11:44
Querida Ciloca:
Das actuais personalidades mundiais a figura de Muhammad Yunus, fascina-me pelas suas ideias no campo económico.
O Prémio Nobel referiu a possibilidade de criar um mercado bolsista destinado a pessoas que queiram ajudar a alterar a situação de pobreza e que comprariam acções. É um desafio que se estende a todo o mundo, pois em todos os países existem pobres, pessoas que não conseguem um empréstimo bancário para "quebrar" o ciclo vicioso da pobreza, pois "para conseguir dinheiro é preciso já ter dinheiro".
Gostei MUITO da tua visita!
Beijo
De Alvaro Faustino a 25 de Março de 2007 às 18:50
É sempre um prazer ouvir essas individualidades, dá-nos gozo saber o que elas pensam, aconselham fazer e que atitudes tomar. O mesmo se passou comigo e com o Dalai Lama, embora não tenha tido oportunidade de o ver ao vivo, tive sorte de ler o seu livro, que aliás, aconselho vivamente a sua leitura. Mas em relação ao microcrédito, acho-o uma faca de dois gumes na nossa sociedade capitalista, temos como exemplo o nosso país, mas nessas regiões sub-desenvolvidas, onde a palavra de honra vale tanto como a assinatura de um contrato bancário e onde a febre capitalista não ataca, pode ser que consiga fazer alguma diferença.
De Zé (do beco) a 26 de Março de 2007 às 02:31
Uma boa contribuição para a mudança de mentalidades de que o nosso Mundo anda a precisar. Começam, lentamente e muito baixinho, a ouvirem-se vozes de gente importante a contestar o neo-liberalismo selvagem que muita gente julgou ser a panaceia para todas as crises mas que, na realidade, só tem servido para aumentar o fosso entre ricos e pobres.
Os ricos já não se contentam em ser ricos, querem que todos os outros sejam pobres.
Beijinho.
De Andesman a 27 de Março de 2007 às 22:02
Minha amiga há poucas pessoas assim no mundo, mas são essas que melhor intrepretam o verdadeiro sentido da vida. Vivam todos os Muhammad Yunus deste mundo. Jinhos pa ti
De padeiradealjubarrota a 28 de Março de 2007 às 02:57
Formidável. Pois, 'palavra de honra' é algo de praticamente desaparecido no nosso país. Infelizmente. Bem hajam, homens grandes como esses!

Comentar post

.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Maio 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
.posts recentes

. ...

. Dos Deolinda "Que parva q...

. Regressei um ano depois

. contra a execução de Saki...

. ...

. ...

. A Cidade vai sentir estas...

. Finalmente,

. ...

. ...

.arquivos

. Maio 2012

. Fevereiro 2011

. Agosto 2010

. Fevereiro 2010

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

.favoritos

. ????????...

.links
blogs SAPO
.subscrever feeds