Quarta-feira, 8 de Novembro de 2006
Estou satisfeita

Segunda Parte

Depois de alguns dias a preparar a resposta, a dar ao gabinete do dirigente referido no último post, ela foi devidamente encaminhada , quer ao gabinete quer a todos os superiores hierárquicos da grande Organização onde trabalho.

Hoje, foi dia de mais uma reunião, a  2º em duas semanas, dez meses depois de ter tomado posse o novo dirigente.

Lá ouvimos, mais uma vez o relambório de todo o largo curriculo do dito cujo, como se fosse necessário, pois trata-se de figura Pública que semanalmente aparece na televisão ,tem uma coluna semanal num jornal diário, por isso todos conhecemos largamente o seu curriculo.

Mas meus amigos, o seu tom de voz, a forma como nos comunicou o que tinha de dizer e a postura perante o corpo técnico com quem vai ter de trabalhar, foi como da noite para o dia.

Chegou a elogiar-nos, tipo passar a mão pela cabeça,o  que eu detesto. Não preciso de salamaleques apenas quero que me respeitem enquanto profissional.

Para finalizar o dito cujo, informa-nos que teve conhecimento que ao seu gabinete chegou um nosso abaixo assinado , que pedia desculpa mas não tinha tido oportunidade de ler. Ha..Ha..Ha... morde aqui a ver se eu deixo... Então pensa que somos inocentes? Ou burros? Foi só ver a sua postura e alguns recados que foi dando ao longo do discurso para percebermos como lhe fez BEM ter recebido a nossa manifestação de desagrado."Coisa para cinco páginas"

E fico por aqui, com esta recomendação : quando acharem que  têm razão devem sempre responder , numa clara atitude de exercicio de cidadania.

 

sinto-me:
publicado por ciloca às 21:27
link do post | comentar | favorito
|
7 comentários:
De Andesman a 9 de Novembro de 2006 às 21:25
Calar é consentir e em situações como essa, calar era também contribuir para o convencimento e arrogância da figura. Fizeram bem e os resultados parecem estar já à vista. Jocas
De RM a 10 de Novembro de 2006 às 10:41
Quando lutamos para ter alguma coisa, os resultados aparecem mais cedo ou mais tarde!!!
E como Andesman disse é com muita verdade: Quem cala consente!!!

Bom fim de semana!
De Zalinha a 10 de Novembro de 2006 às 17:39
Ma nada e mm assim,calar é que nunca!!!Esses filhos de uma sta sra. fazem o que querem e os outros que se lixem,por isso ha que reclamar sempre,mais que ão seja para verem que não estamos satisfeitos!!A grande mana:) Bjs para tutis ai em casa:)
De Praia da Claridade a 11 de Novembro de 2006 às 03:15
Várias vezes tinha razão e não respondia, não tinha coragem de expressar os meus pontos de vista ! Perdi muito com isso ao longo da minha carreira !...
Agradeço mais uma visita ao meu cantinho, agora já com uma foto recente, para verem quem tem o gosto de publicar todos os dias um assunto surpresa, até para mim o é !...
Aqui da Figueira da Foz, com este Verão de São Martinho, já cheira a castanhas assadas e uma boa jeropiga para as acompanhar. Castanha, ainda como... jeropiga, só mesmo o cheiro .
Beijinhos e um bom fim de semana.
Filipe, com o da minha Praia.
De soaresesilva a 12 de Novembro de 2006 às 18:13
Dou-vos toda a razão. Temos toda a liberdade de protestar quando a razão nos assiste. Que sirva de liºão a esse Senhor!!!
De meiadesfeita a 13 de Novembro de 2006 às 00:08
Tomo a liberdade, de trazer poema..hoje feito...de mágoa..por ver este Portugal esmagado por políticos eternamente perdulários e banqueiros usurários..que nos transdormaram em meras minhocas incómodas e dispensáveis...a quem o unico destino que resta será...rastejar...

Sonhos de Abril, acabados

Neste domingo manso,
Verão de São Martinho,
Em que nem chove,
nem há cheiro de vinho

A alma inquieta, fria
Esta nervosa melancolia,
Tamanha tristeza vazia
Sofrendo tanta hipocrisia

Sonhos de Abril, devaneios
Sonhos de Abril derivados
Sonhos de Abril, acabados


E o corpo não quer folia
Neste Novembro bruto
Dissolveu o Abril magia
Ao poder do euro astuto

Os banqueiros usurários
Aliados a pseudo-juristas
O fim de Abril, perdulários,
Pediram aos políticos copistas

Valha-nos São Martinho
Ajuda-nos neste desígnio
Beber sangue por vinho
Abril entrou em declínio


Sangue e utopias, contados
Desfeitos e esfarrapados
Submetidos ao euro delírio
Professor, eis o teu martírio

Sonhos de Abril, devaneios
Sonhos de Abril, acabados
Sonhos de Abril…
triste fado

De Mikas a 13 de Novembro de 2006 às 11:45
Boa semana

Comentar post

.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Maio 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
.posts recentes

. ...

. Dos Deolinda "Que parva q...

. Regressei um ano depois

. contra a execução de Saki...

. ...

. ...

. A Cidade vai sentir estas...

. Finalmente,

. ...

. ...

.arquivos

. Maio 2012

. Fevereiro 2011

. Agosto 2010

. Fevereiro 2010

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

.favoritos

. ????????...

.links
blogs SAPO
.subscrever feeds